sexta-feira , 23 junho 2017
Capa > Empresas & Negócios > É vídeo! Aperte o play!

É vídeo! Aperte o play!

 Luz! Câmera! Ação! Cissa Magazine sai na frente e conquista o internauta com conteúdo diversificado no YouTube!

Os resultados da recente pesquisa da eMarketer, empresa especializada em estatísticas de marketing, mídia e economia no mercado digital, tem levado marcas de renome mundial a redefinem suas estratégias de comunicação. O relatório aponta o crescimento da predileção dos usuários web por conteúdos audiovisuais online, e ainda chama a atenção para o gosto do usuário de redes sociais pelo formato, o que deve garantir uma intensa expansão do setor.

A Cissa Magazine saiu na frente e conquistou o internauta com conteúdo diversificado no YouTube! No Brasil, antecipando-se às tendencias de mercado, a marca da empresa Magamobi apostou já no ano passado no desenvolvimento de um canal específico. O Cissa Magazine, canal de vídeos no YouTube da maior loja online de celulares e smartphones do Brasil, caiu no gosto dos internautas e em pouco mais de 4 meses já foi possível traçar estratégias diferenciais e ainda mais ousadas para uma nova fase de atuação.

capa canalO canal iniciou em fins de 2014 com a produção de conteúdo informativo composto por unboxings, análises, comparativos e tutoriais. Os vídeos buscavam atender os interesses de compra de todos os públicos, desde o cliente interessado em um celular, passando pelos smartphones de entrada e chegando aos lançamentos e tops de linha. Como explica o diretor de vídeo da Magamobi, Julio Cesar de Souza, “foi um período de elevada produção e bastaste fluxo de vídeos, onde equipe e público passaram por um processo de conhecimento e adequações quanto à tempo de vídeo, linguagem e interesses, resultando em conteúdos voltados ao contato inicial, conhecimento e usabilidade dos aparelhos”.

O rápido crescimento no número de inscritos, hoje cerca de 5.330, e a quantidade de visualizações, mais de 580mil, asseguraram os próximos passos à equipe. “Para a segunda fase, diversificamos os conteúdos falando sobre acessórios e aplicativos, divulgando desafios e apresentando os bastidores e os erros de gravação. O objetivo foi ciar interação e humanizar o contato dos fãs do canal com a equipe, passando a fazer parte do cotidiano online do cliente Cissa. O resultado foi imediato, em apenas alguns dias, exemplos desses conteúdos diferenciais aumentaram o tempo de retenção de público e a interação dos inscritos com o canal.”

A estratégia da marca, voltada à relações de confiança baseadas no conceito H2H (humano para humano), é uma das tendências mais atuais do marketing e em tempos onde quase 60% das visualizações de vídeos são interrompidas após 8 segundos, os resultados iniciais obtidos pela Cissa Magazine são excelentes. Com conteúdos de duração entre 1 e 10 minutos, os vídeos do canal alcançam, do início de abril até o momento, uma média de 49% de tempo de visualização, ou seja de retenção de público. Destaque para vídeo “Dubsmash Cissa Magazine – Equipe do canal se diverte com citações famosas” que em apenas 7 dias ultrapassou mil visualizações, com 88% de retenção repercutindo em todo o Brasil.

Luz! Câmera! Ação!

Alguns empresários ainda hesitam, mas o CEO Magamobi, Jaison Goedert, garante que conteúdos de qualidade sempre são um bom investimento: “Para o start do canal de vídeos foi necessário aplicação de capital financeiro em equipamentos, infraestrutura e equipe, mas os resultados apresentados superaram as expectativas. O canal nunca teve ambições diretamente comerciais, mas sim de exibição e posicionamento orgânico da marca, mas somente no período inicial nossos vídeos contribuíram para aproximadamente 500 mil Reais em vendas. Isso porque clientes estão sempre em busca de informação relevante e levada à sério”.

Analisado como case de estratégia de posicionamento de marca, o canal Cissa Magazine tem pontos importantes de destaque. Ele é o único dentro do universo de lojas online, principalmente de dispositivos móveis, que utiliza a ferramenta para conversar com o consumidor e não para empurrar vendas. Seu conteúdo não comercial, que aborda características, manuseio e curiosidades sobre os produtos, é tido como de interesse e é extremamente relevante nas buscas orgânicas do google. Diferencial também é a apresentação das informações, feita com a cara do público do canal, a abordagem, a frequência, as temáticas e a linguagem utilizada dão identidade ao conteúdo e geram um relacionamento de interação real e confiabilidade com os seguidores inscritos.

Aperte o Play!

Não há mais como negar, marcas sem estratégias audiovisuais estão perdendo um importante espaço de interação. O vídeo já está consolidado no gosto do consumidor brasileiro e quem ainda não utiliza o formato já está atrasado. Mova-se, começar é fundamental! Mas sem esquecer de dicas importantes:

* O audiovisual é mais um canais de comunicação da sua empresa com o público, ele deve seguir o perfil da sua comunicação integrada, com bases nos alicerces de missão, visão e valores dos eu negócio.

* Trace estratégias e planeje. Primeiro defina exatamente quais são os objetivos com os vídeos e depois como vai chegar lá. Analise se a melhor opção é produzir ou terceirizar.

* O que diz, como diz, para quem diz e onde diz devem ser seus pontos mais relevantes.

* Perguntas como “Eu quero assistir isso?” e “Eu replicaria esse conteúdo” podem ajudar no direcionamento da sua comunicação. Pense – e responda – como seu público.

Agora é colocar mão à obra, 3, 2, 1… Gravando!

Sobre Marilei Pessatti

Jornalista graduada em Comunicação Social pela Faculdade de Artes e Comunicação da Universidade de Passo Fundo, FAC / UPF, e pós-graduada em Gestão da Comunicação Pública e Empresarial pela Unidavi, atua nas diferentes áreas do Jornalismo e da Assessoria de Comunicação e Imprensa através das mais diversas plataformas de suporte. Possui interesses nos âmbitos da Cibercultura, do Jornalismo Online, das Mídias e Redes Sociais, da Literatura, do Cinema e da Fotografia, acompanhando o surgimento e o desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação, atentando para o modo como a utilização e a difusão destas inovações influencia e converge o processo de transmissão das informações e pauta a produção dos conteúdos e dos discursos.

Check Also

iCustomer é escolhida pela NIVEA para realizar atendimento ao cliente via SAC 3.0

Integração da nova solução com o sistema atual de relacionamento da empresa com o consumidor …

Deixe uma resposta