sábado , 18 novembro 2017
Capa > Direito > Direito Autoral > Crescem as denúncias contra pirataria nas empresas

Crescem as denúncias contra pirataria nas empresas

Estava lendo um artigo sobre a pirataria (mesmo título) e fiquei pensando:

– Será que os empresários tem noção da origem destas denúncias? Será que sabem o risco que estão correndo?

Então decidi escrever este post. O artigo que me inspirou pode ser lido neste link, mas vou citar algumas informações contidas nele:

– Em julho/201o foram feitas 460 denúncias contra empresas, um aumento de 31% em relação à junho;

– A ABES enviou mais de 800 notificações neste período e iniciou 17 ações extrajudiciais;

Mas você já pensou sobre a origem destas denúncias? Vou listar algumas fontes de denúncias:

– Concorrentes (óbvio!);

– Ex-Funcionários insatisfeitos com a empresa, colegas, chefes ou com as condições de sua demissão;

– Fornecedores ou candidatos a fornecedores que são preteridos em algum novo contrato ou cuja relação se encerra de forma traumática;

– Sócios, diretores ou gerentes cuja intenção seja valorizar alguma postura adotada por eles ou simplesmente desestabilizar a empresa de alguma forma, também é comum haver denúncias por parte de um diretor para prejudicar outro;

– Funcionários que sofrem algum tipo de assédio moral, sem coragem para uma denúncia deste crime eles apelam para outras fraquezas da empresa a fim de prejudicá-la ou a seus opressores;

– Clientes mal atendidos e insatisfeitos.

Como você pode ver, as fontes de risco são inesgotáveis, todo cuidado é pouco! E quanto ao risco de problemas reais esses são absolutamente infinitos, além do constrangimento do processo judicial, gastos com advogados e da aquisição das cópias legais dos programas ainda há possibilidade de ter que pagar uma indenização para a empresa que é titular dos direitos autorais do software.

Por isso é recomendável que de tempos em tempos a empresa verifique a situação de suas licenças de software e sempre que fizer a aquisição de equipamentos novos ou novos software verifique a legalidade do que for instalado.

Fica a dica, esteja sempre atento e não permita que qualquer funcionário instale softwares nos computadores da empresa, também não é recomendável que deixe seus filhos, amigos ou funcionários instalarem programas ou jogos, além do risco da pirataria ainda há a possibilidade de algum destes programas piratas vir com algum virus, afinal, é uma das formas de disseminação de trojans e spywares, softwares que roubam senhas e dados do computador.

No próximo artigo vou listar alguns softwares GRATUITOS para manter sua empresa legal, atualizada e informatizada… aguarde

Sobre Rudinei Modezejewski

Consultor em propriedade intelectual a 15 anos, desde 1999 mantém o site www.e-marcas.com.br, fundador do Avctoris (www.avctoris.com) e Sócio-Diretor do E-Marcas. Atuou também como consultor em Marketing Jurídico, é colunista de diversos sites e blogs (Administradores, TuDiBão, Webinsider, Consultores entre outros), hard-user de internet e redes sociais (Twitter, Ning, Grupos de Discussão do Yahoo, etc…) e gestor do portal Direito & Negócios, empreendedor compulsivo.

Check Also

Você rasga dinheiro? Não? Tem certeza disso?

Pensei muito sobre o título deste artigo… pensei em falar sobre desperdício de comida, mas …

Um comentário

  1. Vale mencionar tambem, que com frequencia quando um software dá falhas(ou nao) e que voce vai enviar uma comunicação “anonima” sobre o problema para o fabricante, acaba que ele esta te denunciando tambem pelo uso do software pirata.

Deixe uma resposta