sábado , 18 novembro 2017
Capa > Direito > É possível reverter custos com serviços postais sem gastar nada
Sispostag Monitoramento de Postagens

É possível reverter custos com serviços postais sem gastar nada

Sispostag Monitoramento de Postagens
Sispostag Monitoramento de Postagens

O Sispostag faz o trabalho e a sua empresa diminui as despesas 

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) a entrega representa a maior parte das despesas logísticas de uma e-commerce, cerca de 58%. Como a modalidade deve atingir US$ 18 bilhões de faturamento no país em 2015, crescendo no mínimo 15% em relação ao ano anterior, vale a pena buscar soluções diversificadas para redução destes custos.

Antecipando-se a esse cenário, em 2013 a Tuning Parts aderiu ao Sispostag. O serviço de monitoramento de postagens é uma startup catarinense que realiza acompanhamento de encomendas e foi vencedora do Programa Sinapse da Inovação Sebrae/2012.

Fiscalizar os envios, entregas e o cumprimento dos prazos acordados junto aos Correiros era uma necessidade para melhor atender os nossos clientes, mas não tínhamos como capacitar e manter uma equipe para suprir essa demanda”, destaca o CEO Tuning Parts, Marllon R. P. Castro.

Com monitoramento de 100% das postagens e emissão de relatórios precisos, mensais ou em tempo real, sem taxas, mensalidades ou períodos de fidelidade, para Marllon o principal destaque do Sispostag é sua característica de funcionamento: “Não há necessidade de acompanhamento fixo por parte da empresa, a equipe do Sispostag faz tudo por você e a única coisa que nós da Tuning Parts precisamos fazer é acompanhar os relatórios e os créditos caindo na nossa conta! O Sispostag só traz benefícios financeiros sem gerar um único custo adicional além do pagamento percentual sobre o retorno obtido”.

Somente no ano de 2014, 16,06% das encomendas da Tuning Parts foram entregues em desacordo com as normas contratuais. Todas essas inconformidades foram monitoradas pelo Sispostag e resultaram em 100% de indenizações percentuais ressarcidas para a empresa. “O Sispostag é um serviço sério, com o raro resultado de recolocar dinheiro no seu caixa sem falsas promessas e dores de cabeça”, define Marllon.

E tem Mais!

Entrando em seu 3º ano de atuação, o Sispostag Monitoramento de Postagens permite a restituição do valor gasto com postagens que foram entregues com atraso ou foram extraviadas. O serviço atende empresas com contrato pós-pago com os Correios e tem base na Lei Federal Nº. 8.078 do Código de Defesa do Consumidor.

O trabalho realizado pelo Sispostag consiste em acompanhar todos os pedidos enviados via Correios, realizar o monitoramento das entregas, as contestações e solicitações de indenização fiscalizando os processos até a aprovação, depósito na conta do cliente e conferência dos valores recebidos, de acordo com cada modalidade de serviço postal.

O pagamento para o Sispostag é apenas uma porcentagem do valor pelo qual a empresa é restituída sobre os serviços que não atenderam as normas contratadas. E apenas sobre o valor da postagem, sem taxas ou mensalidades e nunca sobre os valores de seguro ou valores declarados”, explica a gerente Schariene Silva. É o modelo de rentabilidade sobre o retorno, ou seja, o pagamento é apenas sobre o percentual real de retorno obtido e a empresa não tem despesas além percentual contratado.

Os números relativos à atrasos e extravios são alarmantes. No Reclame Aqui, por exemplo, mais de 50% dos registros contra lojas virtuais apontam problemas com a entrega. A deficiência se confirma nos dados do Sispostag no ano passado, em uma base de aproximadamente 370 clientes, 479 mil inconformidades foram ressarcidas”, aponta Schariene e finaliza: “O Sispostag nasceu dentro de um grupo e-commerce, assim conhece as necessidades reais e as demandas do comércio online como ninguém. E pensando em melhor atender nossa base de clientes, que não para de crescer, que já caminhamos em direção às novas realidades. São exemplos os SMS com avisos de atrasos ou extravios e a ferramenta para acompanhamento permanente de casos de extravio reintegrados aos fluxo postal”.

Conheça o Sispostag ou acesse mais informações.

Sobre Marilei Pessatti

Jornalista graduada em Comunicação Social pela Faculdade de Artes e Comunicação da Universidade de Passo Fundo, FAC / UPF, e pós-graduada em Gestão da Comunicação Pública e Empresarial pela Unidavi, atua nas diferentes áreas do Jornalismo e da Assessoria de Comunicação e Imprensa através das mais diversas plataformas de suporte.

Possui interesses nos âmbitos da Cibercultura, do Jornalismo Online, das Mídias e Redes Sociais, da Literatura, do Cinema e da Fotografia, acompanhando o surgimento e o desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação, atentando para o modo como a utilização e a difusão destas inovações influencia e converge o processo de transmissão das informações e pauta a produção dos conteúdos e dos discursos.

Check Also

Arbitragem, blockchain e direito do trabalho. Hein? #DepartamentoasQuintas

Parece surreal unir estes três temas num único canal e relacional ainda, entretanto, eles já …

Deixe uma resposta